-->

Resenha | Os Segredos dos Olhos de Lady Clare - Carol Townend

Titulo Original: Unveiling Lady Clare
Autor (a): Carol Townend
Editora: Harlequin
Páginas: 288
Gênero: Romance de Época
Sinopse: Enquanto investiga a causa do aumento de bandidos em Troyes, sir Arthur Ferrer encontra a misteriosa Clare, uma possível filha ilegítima do conde de Fontaine, da Bretanha. Ele então percebe que ela pode ser a chave para a sua própria salvação.
A honra exige que Arthur a leve até o pai para que possa ser reconhecida mas o desejo prefere que ela fique em seus braços. Será possível conciliar honra e desejo?
A autora Carol Townend mais uma vez convida as leitoras para uma viagem inesquecível de volta a condados, cortes e reinos e às incríveis histórias de amor entre nobres da (nem tão) alta sociedade da época

Os Segredos dos Olhos de Lady Clare da Carol Townend foi meu primeiro contato com a escritora e foi um livro que eu estranhei muito pois a história se passa em 1174, e não havia lido sobre essa época medieval. O livro vai nos apresentar a jovem ruiva Clare, que sempre viveu uma vida dificil (e coloca dificil nisso), ela não se lembra de quase nada da sua infância e sua vida começa até onde se sabe, quando ela vira escrava nas mãos de Veronese um dono de escravos. Já não aguentando mais os assédios sofridos pelo filho de Veronese, ela foge para Troyes onde o comercio de escravos era proibido. Lá ela tem a sorte de encontrar Geoffrey um cavaleiro que a ajuda, e em troca ela cuida de sua irmã Nell e sua mãe Nicola que é doente.

Ela vive seus dias se escondendo, com medo de sair de casa e ser descoberta pois para ela é quase impossível passar despercebida devido ao tom avermelhado dos seus cabelos e os olhos incomuns um verde e outro azul, até que Nicola a convence em aceitar o convite para ir ao Torneio da Noite de Reis do conde Lucien de d'Aveyron, para levar Nell. Lá ela conhece Sir Arthur Ferrer, capitão dos Cavaleiros Guardiões do Conde Henry, que está investigando o paradeiros dos ladrões envolvidos na morte de Geoffrey;

No momento em que Arthur vê os olhos de Clare ele se lembra de ver os mesmos olhos no conde Myrrdin de Fontaine,e começa a suspeitar que Clare pode ser filha ilegitima do conde, ele decide contar a ela e leva-lá até o conde para assim ele a legitimá-la como filha, mas quando ele a procura novamente, ela já tinha fugido da cidade após ficar sabendo que Veronese estava em Troyes. Ele então vai a busca por Clare e quando a encontra conta suas suspeitas para ela, Clare fica muito esperançosa para que seja verdade, então ambos partem para a Bretanha, rumo ao conde Myrrdin

Só que com o passar da viagem os dois vão se conhecendo melhor e Arthur começa a ter sentimentos por Clare e começa a lamentar ter tido a ideia de leva-lá para o pai, pois se ela for uma lady, jamais se envolveria com alguém como ele que não é um nobre. 

Quando recebi esse livro em parceria com a editora Harlequin fiquei muito surpresa pois não sabia que se tratava de uma série, então acabei começando pelo segundo livro mas isso não interferiu em nada na minha experiencia com o enrendo. Mesmo a historia parecendo um pouco óbvia logo de começo, foi maravilhoso ver o amadurecimento de Clare, quando comecei o livro tive a impressão que ela era assim como muitas protagonistas muito sofredora e com muito medo de ser descoberta, mas com o passar da leitura podemos ver que ela é determinada e precisa de muita força. Como tem acontecido muito comigo ultimamente o personagem Arthur não me fez suspirar nem me conquistou, e em alguns momentos eu cheguei a me esquecer totalmente do romance e me apegar a historia do passado misterioso de Clare. 

“As pessoas não conseguiam evitar fitar seus olhos destoantes, um azul acinzentado e outro verde. Olhos assim eram impossíveis de se esconder.”

6 comentários:

  1. Eu também nunca li nada do periodo medieval e assim como voce, creio que iria estranhar um pouquinho, mas devagar a gente vai se adaptando ne? A história me parece incrivel até porque a Harlequin só lança coisa boa, dica anotada!

    ResponderExcluir
  2. Oi oi!

    Eu postei a resenha desse livro no site ontem! Então, eu imaginava que ele fizesse parte de uma série por causa do padrão da capa, mas achei que desse para ler separadamente e até certo ponto isso é verdade, mas acontece que achei o começo MUITO confuso, quando fala sobre o Geoffrey, como a Clare o conheceu e toda aquela coisa de cavaleiros e chefe da guarda que devem ter sido apresentadas melhor no primeiro volume e que ficou uma bagunça pra mim. Só comecei a entender a história lá pela página 50.

    Bom, eu gostei da Clare e do Arthur, mas adorei mesmo foi a Francesca e a Nell, a primeira foi a personagem mais surpreendente do livro para mim.

    Essa série é uma bagunça que só, esse é o terceiro livro a ser lançado, mas é o segundo dentro da construção da série e o primeiro a ser lançado foi o ulúlti. Uma bagunça louca que a Harlequin fez.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Adoro romances de época, agora medieval é novidade. Mas saber que mesmo o enredo sendo óbvio a protagonista se destacou pelo seu amadurecimento me anima para ler o livro, ainda que Arthur não cative muito. Vou reforçar minha vontade de ler o livro, tem tudo para me agradar.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna.

    Romances de época é um gênero que leio muito pouco, mas todos que li eu gostei bastante. Não sabia que tinha um livro antes desse, achei que ela uma história única. Vou anotar a dica porque ficou curiosa pela história.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Não conhecia o livro ainda, e também não sabia que era uma série. Ainda bem que ler fora de ordem não prejudicou no entendimento da obra. Gosto muito quando isso acontece, pois às vezes faço isso hahahaha
    Adorei sua dica, espero pode ler em breve.

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho esse livro, mas ainda não li. Não sabia que era uma série, mas acho bom quando dá para começar pelo segundo sem problemas. Existem alguns mocinhos que não cativam, isso é ruim quando acontece, mas que bom que o passado dela lhe chamou a atenção.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir

Olá aqui é Bruna
Obrigada por deixar sua opinião , ela é sempre muito importante e será lida assim que puder .

- É proibido qualquer tipo de ofensa e palavras de baixo calão.
- Aceitamos criticas construtivas
Obrigada!

© FLORESCENDO LIVROS - 2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: BRUNA MACENA.
Tecnologia do Blogger.